Ouro Preto

Cidade do início do século XVIII, nasceu com a exploração do ouro. O minério era tanto, que recebeu, na época, o nome de Vila Rica. Tombada como Patrimônio Histórico e Cultural da Humanidade, título conferido pela Unesco, Ouro Preto possui o mais representativo conjunto arquitetônico e artístico do período colonial, sendo um ícone do que se conhece como Barroco.

Situada a cerca de 100 km de Belo Horizonte (mais ou menos 2h de viagem), a cidade oferece muitos atrativos, entre eles museus, igrejas e o casario colonial que encantam os turistas. São 13 igrejas, entre as quais se destacam a Matriz de Nossa Senhora do Pilar (adornada com singelos 400 kg de ouro) e a Igreja São Francisco de Assis. Esta última é  considerada por especialistas como a representação maior do Barroco Mineiro e laureada com o título de uma das Sete Maravilhas de Origem Portuguesa no Mundo, obra dos mestres Aleijadinho e Manuel da Costa Ataíde.

Para informações sobre estes e outros atrativos, sugere-se a consulta ao Portal Ouro Preto.

A cidade é montanhosa, com clima instável, e seu calçamento é feito de paralelepípedo e pedra sabão. Sugere-se, por isso, trazer roupas para frio e calor, guarda-chuva e sapatos confortáveis.

Veja aqui como chegar.

Do aeroporto de Confins para Ouro Preto: ônibus Unir (translado aeroporto- rodoviária) para rodoviária de Belo Horizonte. De BH para Ouro Preto, viação Pássaro Verde (BH-Ouro Preto). O trajeto todo do aeroporto até a rodoviária de Ouro Preto dura certa de 3h30.

Sugerimos a Pousada Arcádia mineira: http://www.arcadiamineira.com.br/

Veja aqui outras opções de hospedagem.

 

 

Anúncios